NOTÍCIAS

Postado em 03 de Janeiro de 2019 às 09h12

3 dicas de como investir em imóveis

    Realizar Imóveis A crise política e econômica brasileira dos últimos anos, afetou diretamente o mercado de imóveis. Muitas pessoas questionaram se o mercado imobiliário se mantém como forma segura e...

    A crise política e econômica brasileira dos últimos anos, afetou diretamente o mercado de imóveis. Muitas pessoas questionaram se o mercado imobiliário se mantém como forma segura e rentável de fazer o seu dinheiro aumentar. Mas a grande questão é , você sabe investir em imóveis?

    Autor: Caroline Fortunato
    Fonte: revista.zapimoveis.com.br


    Pensando nisso, separamos três dicas para quem deseja investir em imóveis. Confira abaixo:

    1. Conheça os tipos de imóveis para investir
    Alguns tipos de imóveis são considerados mais rentáveis no mercado para que você faça um investimento, lembrando, sempre, que o retorno será sentido em médio e longo prazo.

    Investimento em terrenos: Muitas pessoas, em especial as de gerações anteriores, conseguiram ótimos negócios investindo em terrenos. Principalmente aquelas que encontraram grandes oportunidades enxergando, no futuro, o desenvolvimento das regiões escolhidas para a compra.

    Investimento em imóveis na planta: para fazer uma boa escolha no caso dos imóveis ainda em fase de lançamento ou em construção, é necessário conhecer com mais profundidade o mercado. Avalie a localização: o que se espera daquela região escolhida em termos de infraestrutura e desenvolvimento é fundamental para que haja o retorno esperado no futuro. O imóvel na planta costuma ser de 20 a 30% mais barato do que um pronto e uma boa opção é esperar para revendê-lo próximo da sua entrega, quando terá valorizado, fazendo com que seu ganhos sejam realmente grandes.

    Investimento em imóveis prontos para morar:
    pelo investimento para revenda, contando com a valorização do patrimônio, ou para locação, que vai oferecer a você uma renda mensal fixa. Também nesse caso é preciso conhecer um pouco do mercado, considerando a localização e o tamanho do imóvel. Aqueles com dois ou três quartos são, normalmente, os mais buscados pelas pessoas que procuram por aluguel. É preciso, então, cerificar se o preço e a planta são adequados para o que você pretende.


    É nisso que você deve focar ao investir em terrenos, que podem ser vendidos para construtoras ou para outros investidores, que preferem construir para depois vender ou alugar. O entorno das grandes capitais costuma ainda ter essas áreas, que passarão por grande desenvolvimento nos próximos anos.


    2. Saiba como ganhar dinheiro com imóveis

    O investimento em imóveis tem um valor alto e, por isso, deve ser bem planejado para que a taxa de retorno seja positiva. É preciso, caso se faça um financiamento para a compra, considerar que parte do lucro será usada para pagar o empréstimo. Você também deve colocar na conta os gastos com o valor do imóvel, da mobília e de reformas, caso tenham sido feitas, impostos, como o de renda e o ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis), registro e escritura.


    3. Aprenda a calcular a taxa de retorno
    Para saber quanto vai ganhar caso compre um imóvel e o coloque para locação, você deve dividir o total do investimento feito, considerando todas as variáveis que mencionamos, pelo lucro líquido que vai gerar com o aluguel. Um exemplo prático: se você pagou, incluindo todas as taxas e impostos, R$ 400 mil e recebe, por mês, R$ 3 mil pela locação, sua taxa de retorno será de quase 10% ao ano. Se vender esse mesmo imóvel, vale o mesmo cálculo. Divida o valor que recebeu pela venda, que pode ser de R$ 500 mil, pelo investimento inicial, de R$ 400 mil. Sua taxa de retorno, então, será de 0,8%.
     

    O investimento no mercado imobiliário continua sendo, como provavelmente já diziam os seus avós, seguro e rentável. Basta saber como planejar e conhecer a demanda do mercado para que ele valha a pena.

    Veja também

    Como reconhecer um imóvel (realmente) de alto padrão21/01/14Aumento nos preços faz com que unidades de médio padrão batam os milhões de reais; uma série de regalias, porém, diferenciam imóveis de alto padrão São Paulo – Com a recente valorização imobiliária, muitos imóveis pequenos ou de médio padrão já valem alguns milhões de reais. Mas se o preço não é mais o que define um imóvel de milionário, como reconhecer uma casa ou um apartamento que é realmente de alto luxo? Ao contrário do que pode parecer, a......
    Crédito imobiliário crescerá 15% em 2014, diz Abecip21/01/14O crescimento deverá ser moderado em relação ao aumento de 32% registrado em 2012 São Paulo - Os financiamentos para compra e aquisição de imóveis em 2014 deverão ter um crescimento mais moderado do que em 2013, de acordo com projeção divulgada pela Associação Brasileira das......
    Vendas de imóveis crescem 59% em agosto, dizem Fipe e Abrainc24/10/17 Fonte: Exame São Paulo – As vendas de imóveis novos têm crescido ao longo do ano, ao mesmo tempo em que recuam os cancelamentos de negócios – os chamados distratos – de acordo com pesquisa realizada pela......

    Voltar para (Notícias)

    Fale Conosco!