NOTÍCIAS

Postado em 24 de Outubro de 2017 às 14h16

Vendas de imóveis crescem 59% em agosto, dizem Fipe e Abrainc

Realizar Imóveis Fonte: Exame São Paulo – As vendas de imóveis novos têm crescido ao longo do ano, ao mesmo tempo em que recuam os cancelamentos de negócios – os chamados distratos – de acordo com...

Fonte: Exame

São Paulo – As vendas de imóveis novos têm crescido ao longo do ano, ao mesmo tempo em que recuam os cancelamentos de negócios – os chamados distratos – de acordo com pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), em parceria com a Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc).

A pesquisa mostra que, em agosto, as vendas líquidas (já descontados os distratos) totalizaram 7.697 unidades, um crescimento de 59,0% em relação ao mesmo mês do ano passado.

Os distratos foram de 2.722 unidades, retração de 27,5%. Os lançamentos totalizaram 4.900 unidades, aumento de 6,3%.

No acumulado do ano, as vendas líquidas somaram 45.267 unidades, aumento de 25,5% frente aos mesmos meses do ano passado. Nesse período, os distratos atingiram 17.785 unidades, queda de 20%, e os lançamentos alcançaram 30.530 unidades, recuo de 3,5%.

No acumulado dos últimos 12 meses encerrados em junho, as vendas líquidas foram de 63.749 unidades, alta de 11,6%. Os distratos totalizaram 23.365 unidades, baixa de 22,9%, e os lançamentos alcançaram 42.058 unidades, alta de 9,0%.

No fim de agosto, havia 111.935 unidades novas disponíveis para venda, montante 4,0% menor do que o registrado um ano antes. Considerando o ritmo atual de vendas, seriam precisos 14,6 meses para liquidar esse estoque, segundo a pesquisa da Abrainc/Fipe.

Os dados abrangem imóveis novos, dos segmentos residencial, comercial e loteamentos, desenvolvidos por 20 empresas associadas à Abrainc, com atuação espalhada por diversos Estados e concentração na Região Sudeste.

Veja também

Como reconhecer um imóvel (realmente) de alto padrão21/01/14Aumento nos preços faz com que unidades de médio padrão batam os milhões de reais; uma série de regalias, porém, diferenciam imóveis de alto padrão São Paulo – Com a recente valorização imobiliária, muitos imóveis pequenos ou de médio padrão já valem alguns milhões de reais. Mas se o preço não é mais o que define um imóvel de milionário, como reconhecer uma casa ou um apartamento que é realmente de alto luxo? Ao contrário do que pode parecer, a......
Por que esta é uma boa hora para comprar imóvel09/07/18O cenário pela frente é favorável: combina financiamentos com juros baixos e imóveis com preços ainda estáveis. Fonte: http://exame.abril.com.br Quem está em busca de um imóvel para morar encontra um cenário favorável pela frente: a combinação de financiamentos com juros baixos e imóveis com preços ainda......
Veja como declarar a compra e a venda de imóveis09/04/14Bem deve ser descrito em detalhes, como na escritura ou contrato. Vendedor paga 15% sobre o lucro, a menos que compre outro em 180 dias. Fonte: G1 A compra e a venda de imóveis deve ser informada à Receita na declaração de Imposto de Renda, mas quem vende deve pagar 15% de IR sobre o lucro – a diferença entre o preço que pagou na compra e o......

Voltar para (Notícias)

Fale Conosco!